Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

OLHAOQUERIMA

RIMAS E NÃO SÓ

OLHAOQUERIMA

RIMAS E NÃO SÓ

DIVAGANDO

15.01.07, Tony
A idade não perdoa
Mas o amor não acaba
Contigo a vida foi boa
Com a velhice a boca amarga
----
Fosse eu ainda rapaz
Sei bem o que faria
Agora não sei se sou capaz
De largar tua alegria
----
Todos somos capazes
Levar esta vida pra frente
De ti sairam tenazes
Que fizeram de ti diferente
----
Ainda não sei porque razão
A mim aconteceu
A teus pais pedi a mão
Eles deram o que apeteceu
----
De nós muito saiu
Naão foi preciso muita magia
Só ela é que não viu
Foram os tres que eu queria
----
Na terra de cegos
Quem tem olho é rei
Agora ponho-me aos berros
Foi por ti que ceguei
----
A tristeza não paga dívidas
Tento estar sempre alerta
Não vás tu em cantigas
Tendo eu pagar pela certa
----
De ti espero pouco
Como seria de esperar
Mesmo assim ficarei louco
Se deixares de me amar
----
Penso que não sou louco
Mas dá para pensar
Ainda hoje acho pouco
O que tens para me dar
----
Só tua conseguias
Manter esta releção
Tambem aonde irias
Arranjar outro MORCÃO
----
De ti não digo mal
Estou só a reinar
Até porque eu sou o tal
Que não deixa de te amar
----
Embora fosse incostante
O amor que por ti senti
Não fui cavaleiro andante
Só cavalguei em ti
----
Estou a passar um momento triste
Tua presença me consola
Mesmo assim ainda existe
Grandes partes de dôr na tola
----
Não sei se é de fabrico
Mas na verdade constato
Contigo não brinco
Comigo dás em abstracto
----
Vejam lá como isto é
Somos todos bons rapazes
Mas se fora metemos o pé
Tentamos não voltar..ás vezes
----
Quando te vi pensei
que eras nova para mim
Mas quando contigo falei
Meu coração fez plim...
----

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.