Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

OLHAOQUERIMA

RIMAS E NÃO SÓ

OLHAOQUERIMA

RIMAS E NÃO SÓ

RIMAS DE S. JOÃO

13.10.06, Tony
Versos não sei fazer
A rimar já mais me ajeito
Contigo será um prazer
Se cheirar teu manjerico estou feito
'''
S. João alho pôrro e manjerico
É obrigatorio comprar
Com esta, em casa não fico
Contigo na fogueira vou saltar
'''
Sou nortenho e não me ralo
Dos lisboetas tenho a letra
Eles tem o S. Antonio de barro
Nós tivemos o S. João do tetra
'''
Nos tres santos vou folgar
Contigo ó minha amada
Se a tradiçao é saltar
Pois bem aqui vai martelada
'''
Dizem que os santos são populares
Mas a tradiçao já não é o que era
Agora para comigo saltares
Temos que atear de novo a fogueira
'''
Meu coraçao salta de alegria
Na fogueira do teu olhar
S. João é minha romaria
Contigo terei de casar
'''
Se fosse a ti saltava
Na fogueira com ardor
Contigo só me faltava
O manjerico e amor
'''
Salta na fogueira ardente
Como cascatas sedentas
Orvalhadas e semente
Da sede não aguentas
'''
Na rusga és matreira
Como manjerico cheiroso
No salto és fogueira
Na martelada sou fulgoso
'''
Na fogueira saltas'te
Com o martelinho te bati
Nem por isso me mostras'te
Porque me queimei por ti
'''
S. João é padroeiro
De uma festa popular
O teu manjerico é matreiro
Na tua fogueira vou saltar
'''
A tradiçao é, alho pôrro...
A malta usa martelinho
O S. João tem o carneiro
O povo queria o cravinho
'''
O Povo salta a fogueira
Na noite de S.João
Bate o martelinho na brincadeira
Está orvalhado de emoção
'''
Bateste'me com o alho pôrro
Logo caído fiquei..
Nem disse.. ai que morro..
Porque por ti finei.
'''
Martelinho de plastico
Bate, bate na cachola
Logo ficas.. estático
Salta a fogueira...pôrra
'''
Quantos manjericos te dei
Não sei perdi a conta
Tambem sempre te amei
Nem por isso ficaste tonta
'''
Na fogueira vou saltar
Contigo ao meu lado
S. João vai ralhar
Se teu coraçao ficar queimado
'''
Sou rapaz de folguedo
Apesar de idade passada
Ao S. João vou sem medo
Até te vir cansada...
'''
S. Antonio é casamenteiro
Diz o povo com razão
Quando te conheci não fui o primeiro
Como fogueiras de S. João
'''
Quero levar um balão
E na tua marcha entrar
Se não fosse grande MORCÃO
Já contigo estava a bailar
'''
No norte é tradiçao
E eu não posso falhar
Saltar a fogueira no S. João
E com alho pôrro levar
'''
S. João nas Fontainhas
Já lá fui muito ano
Agora as minhas perninhas
Não obedecem ao amo
'''
A fogueira saltei
Na noite de S. João
Como já me queimei
Agora quero tua mão
'''
Os martelinhos de plástico
São como os dias de agora
De noite é fantástico
De manhã uma dor de tola
'''
As marchas de S. João
São uma tradição antiga
Convem ter sempre á mão
Uma pessoa amiga
'''
Á que cheirar o manjerico
Lá diz a tradição
Em casa é que não fico
Vou gozar o S. João
'''
Agora que estou cansado
De tanto S. João passar
Da experiencia não me safo
Na tua fogueira vou queimar
'''
Sou assim e pouca treta
Na fogueira vou saltar
É bom que ninguem se meta
Quando contigo bailar
'''
Ó patego olha o balão
Diz a malta nessa altura
Se não fosse o S. João
Ainda andava á tua procura
'''
Cidreira, alho pôrro e manjerico
É tradição nortenha
Em casa é que não fico
Assim S. João me mantenha
'''
Nunca fui de rodeios
E não é agora que vou mudar
Voces são uns (gajos) porreiros...
Mas eu vou me por andar
'''

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.